​Aos alcantarenses,

Lisboa evoluiu, mas Alcântara permanece imobilizada. Por trás da fachada, a nossa Freguesia está esquecida. Continuamos a perder população, continuamos a envelhecer, continuamos com as dificuldades de sempre.

A falta de Metro, o caos do trânsito e o calvário do estacionamento tornam muito difícil o dia a dia do nosso bairro. Isto não pode continuar. Alcântara tem de voltar a ser a ponte que há séculos liga os Lisboetas.

Queremos maior desenvolvimento, e sabemos que os nossos fregueses o exigem.

Chegou a hora de mudar de rumo. Chegou a hora de resolver os problemas de Alcântara. Temos de manter a nossa identidade. Mas também temos de responder às necessidades das pessoas.

Contamos consigo para nos apoiar.